Sites Grátis no Comunidades.net

G.R.E.S. PARAÍSO DA ALVORADA





Total de visitas: 14045
SAMBAS-ENREDO ANTIGOS


























SAMBA ENREDO                                                2003
Enredo     Revoluções e revoltas no Brasil Palmares
Compositores     Sizinha do Cavaco, Carlinhos do Sete e Maurício Sabiá

Abrindo as cortinas do passado
Lembro o negro escravizado
No Brasil, colonial
Num cenário desumano, em poder do lusitano
Era o personagem principal
O índio não se adaptou
E o negro lá em Palmares lutou


Pela dor de uma saudade, e o fim da escravidão
No fã da igualdade, por amor a liberdade
Construiu-se uma nação


Enfim raiou o sol da liberdade
E assim surge o Quilombo dos Palmares
E gangazumba sucumbiu surgiu Zumbi
Com as garras de um Leão
Com domingos Jorge velho
Lutou pra defender os seus irmãos
E a luz da esperança apagou
Quando a voz da liberdade se calou
Trado por quem tanto lutou
Vencido Rei Zumbi não se entregou


A Alvorada é o meu Quilombo
Paraíso é liberdade
Rei Zumbi é a estrela guia
E o povo cai na folia
Sob a luz da igualdade




























SAMBA ENREDO                                                2004
Enredo     Da floresta amazônica à região banhada por igarapés
Compositores     Pedro, Bira do Capão e Pastor do Metanol

Amazônia - ô
Um paraíso verde natural
Lendas e mistérios fascinantes
A Alvorada, o galo canta é carnaval


Mãe natureza
O pulmão do mundo despertou meu coração
Desde o bravo Chico Mendes
A mata chora implorando proteção (oh! quanta emoção)
A fauna é rica... a flora é bela
E hoje a minha escola engalanada
Ecoando a madrugada
Pisa nesta passarela


Terra firme e lindas águas
Onde Iara se banhou
Veio o Boto-cor-de-rosa
E ela se apaixonou


Culturas de uma civilização
Macunaíma por alí passou ô ô
Lenda da Vitória - Régia
E a mandioca retratando o amor
Folclore e danças, comidas típicas da região
Mata do índio guerreiro
Do caboclo seringueiro 
Embalam a festa da preservação


Meus igarapés acordaram o Brasil
A pororoca, beleza sem igual
Salvem a nossa Amazônia
Enredo do meu carnaval



































SAMBA ENREDO                                                2005
Enredo     Realidade ou ilusão? O Paraíso conta a Abolição
Compositores     Carlinhos do Sete, Walkir, Tom Tom, Paulo Henrique, Mauro, Marco Balão, Eli Santos e Maurício Sabiá

O grito de revolta dos malês
Ecoou no céu de Salvador
A balaiada abraçou esta bandeira
E fez história nos confins do Maranhão
Muitas leis foram criadas
E desprezadas pela força da ambição
Mas a liberdade tão sonhada
Foi alcançada no clamor da abolição


O fim da sina trouxe a luz
A lei divina me conduz
Peço ao pai em oração
Dignidade e respeito ao cidadão


Noel foi o grande pioneiro
No Bangu de tantas glórias
Deu ao negro seus direitos
Disse não ao preconceito
Escreveu seu nome na história
Hoje Pelé é rei do Futebol
Caó é lei e nossa voz
Bené é um exemplo de bravura
E o ministro Gil rege a cultura
Mas a pergunta não quer calar
Será realidade ou ilusão?
Mesmo sob a luz da igualdade
O preconceito questiona a abolição


O galo canta e anuncia um novo dia
Desperta o povo no calor da emoção
É Alvorada e no rufar da bateria
A Paraíso conta a dor de uma nação


O grito...








Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net